CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nova pesquisa revela uma vantagem esmagadora para Lula

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Enquanto o país se concentra – quase obsessivamente – nos números conquistados por cada candidato até agora para o primeiro turno das eleições de 2022, o cientista político Antonio Lavareda, responsável pela pesquisa Ipespe, disse nesta coluna qual seria hoje a vantagem de Lula sobre Jair Bolsonaro em uma eventual segunda fase eleitoral.

De acordo com o último turno do instituto, divulgado na segunda-feira 25, se a segunda eleição fosse realizada hoje, o líder do PT derrotaria o atual presidente por uma margem de 23 milhões de votos – todos eles contados por urnas eletrônicas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Traduzido em votos válidos, os números do Ipespe (53% contra 36%) representam um resultado de 60% a 40% a favor de Lula [no segundo turno]. Lembremos que Bolsonaro venceu Fernando Haddad em 2018 por 55% a 45% e ganhou com uma vantagem de cerca de 11 milhões de votos. Se a eleição fosse agora, [o presidente] perderia por uma margem de 23 milhões [para Lula]”, disse Antônio Lavareda à coluna.